Como aprender um novo idioma nos momentos de lazer

Os motivos podem variar, mas aprender um novo idioma é um grande desejo por parte de muitos estudantes. Seja para ouvir melhor aquela música favorita, entender ao pé da letra o diálogo daquele filme que marcou sua vida, se preparar para a viagem de intercâmbio que se aproxima ou para qualificar o currículo na busca por oportunidades. Logo, adicionar um ou mais idiomas ao currículo é uma atitude que só vem para somar. Mas como facilitar o aprendizado de uma nova língua no dia a dia?

Continue lendo

GarBot, o robô que coleta resíduos desenvolvido por alunos da UniRitter

Um robô que recolhe e realiza a seleção do lixo num parque. Parece uma cena de filme de ficção científica, não? Afinal, como uma estrutura de circuitos e metal poderia ver aquele cigarro no chão ou a garrafa plástica na grama do parque em você vai todo dia? Uma equipe multidisciplinar de alunos da UniRitter resolveu aliar a tecnologia com a sustentabilidade para tornar essa ideia real. E o resultado deste trabalho foi o GarBot.

Continue lendo

Chef Moisés Basso indica como inserir a gastronomia sustentável na rotina

Ao fazer um bolo, você pode usar ovos, açúcar, manteiga, maçãs e bananas com casca… casca? É isso mesmo. Você não leu errado. Sim, é possível aproveitar a casca para preparar um bolo saboroso e nutritivo.

A utilização completa de frutas e legumes pode ser realizada com o uso de polpa, casca e sementes. Para preparar um bolo, é possível incluir na receita a biomassa de banana.  Após cozinhar a banana com casca, a polpa da fruta absorve nutrientes que seriam desperdiçados se a casca fosse simplesmente destacada.

Continue lendo

Você já sabe o que quer ser
quando crescer?

Quando estamos no ensino fundamental, uma de nossas ânsias é chegar no ensino médio. Nem imaginamos que com ele também vem a pressão da escolha do profissional que seremos “para o resto de nossas vidas”. Para alguns a decisão acontece de uma forma muito tranquila, para muitos nem tanto. Afinal de contas, como ter certeza sobre qual profissão seguir quando se tem 17 ou 18 anos?

Continue lendo

5 coisas que você pode fazer com a sua nota do ENEM

Quando a gente se prepara para fazer a prova ENEM sabemos que a nota do exame nos oferece várias oportunidades. Quando o resultado sai, é tanta notícia, tanta informação que fica difícil organizarmos as possibilidades temos. Não esqueça também de considerar as possibilidades divertidas!

Continue lendo

Um dia que o Campus vira uma série de hospital

Pacientes com diferentes doenças crônicas chegando a um hospital e profissionais da área médica, com a capacidade de elaborar excelentes diagnósticos, tomam decisões que salvam diversas vidas. Esse parece ser um roteiro de um seriado médico, como: Grey’s Anatomy, House ou ER. Na realidade, é o que acontece na Ação de Simulação Interprofissional da Faculdade de Ciências da Saúde da UniRitter. Nessa atividade, os alunos dos cursos dos últimos semestres de Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Nutrição e Psicologia vivenciam na prática o “Hospital UniRitter”.

Continue lendo

Conscientizar para transformar:
ação da Engenharia Ambiental e Sanitária forma jovens eco educadores

Dificuldades estruturais, falta de saneamento básico e ausência de hábitos de conservação do meio ambiente são problemas recorrentes em muitas comunidades carentes nas regiões metropolitanas. Para iniciar uma mudança na comunidade do entorno da instituição, o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da UniRitter criou o projeto de extensão Eco Educadores.

Continue lendo

Como a EXTENSÃO COMUNITÁRIA
pode ajudar a fortalecer a
EDUCAÇÃO SUPERIOR

Prof. Bárbara Souza Costa - Doutora em Direito e Pró-Reitora Acadêmica da UniRitter. Foto: Reprodução

Prof. Bárbara Souza Costa – Doutora em Direito e Pró-Reitora Acadêmica da UniRitter. Foto: Reprodução

“Vivemos em um mundo complexo, repleto de riscos, incertezas e paradoxos. Os ideais de ordem, estabilidade e segurança não mais atendem às necessidades de um mundo que vive em constantes transformações. A formação voltada apenas para a técnica não é suficiente para enfrentar os desafios de uma era planetária. Adotar somente concepções que sejam práticas individualistas significa desconsiderar a conexão existente entre sujeitos que atuam em rede (local ou globalmente). Nesse contexto, faz-se necessário atribuir um novo papel às instituições de ensino superior, alterando-se a concepção paradigmática tradicionalmente existente na Academia.

Para além da redefinição epistemológica a respeito do tema (apresentada na obra de Edgar Morin e outros), destaca-se o importante papel da Universidade na formação cidadã dos estudantes. Por meio da extensão comunitária, os acadêmicos desenvolvem um olhar mais contextualizado do saber produzido no ambiente universitário, oportunizando-lhes uma compreensão mais clara a respeito do seu papel na sociedade.

Continue lendo