Ladies and Gentlemen, let’s play a game!

mostra_letras_site5

‘Ladies and Gentlemen, let’s play a game!’…com essa chamada desafiadora, a III Mostra de Letras da UniRitter aconteceu e arrasou nos quatro dias do evento (24, 25, 26 e 27 de Novembro de 2015) no  Campus Zona Sul da UniRitter, com uma programação intensa de oficinas, palestras e práticas teatrais.

mostra_letras_site9
Tudo foi organizado pela professora Alessandra Trindade Camilo e seus alunos da graduação que dividiram o palco com mestrandos e doutorandos e muitos convidados. Em meio a jogos, brincadeiras, workshops, palestras e apresentações se falou muito sério. Os corredores eram um zum zum zum de Super Heróis, Magos, Princesas, duendes, Chefs de Cozinha, livros, gente e muita Literatura.

mostra_letras_site1

mostra_letras_site11
Os monstros que abalaram o evento passado vieram prestigiar os tantos belos convidados que distribuíram curiosidade, alegria e muitas palmas. O Reino encantado de tantos personagens adorados se transformou numa Arena de faz de conta e tudo virou história contada e falada.

mostra_letras_site14

mostra_letras_site16
Foram muitas perguntas, e outras tantas respostas. Muita gente, e muita gente colorida por dentro que se faz essencial estava lá. Inovações que viraram um objeto reconfortante e nada se dispensou, tudo se atribuiu e mesmo que muitos fossem diferentes, iguais foram seus sorrisos e abraços. Até o Batman deu uma trégua para o Pinguim!

mostra_letras_site13
Neste Reino de doçuras e muitas travessuras, o romantismo se espalhou e Escritores ilustres se misturavam em meio aos seus escritos defendidos por um ‘bando’ de gente sedenta de conhecimento e com uma fervura por dentro, queimando seu saber nas páginas que irão escrever. Impávidos e colossos nas suas rápidas respostas. Eis que o Reino é grandioso e sublime. E mesmo os que se vão, porque se tem que partir, a dor e a saudade ficam formadas pelos queridos Formandos. Essas Letras não se acabarão e esta Mostra jamais terá fim.

Piertotum Locomotor! Harry Potter e Cia deixou uma magia: a Magia de nunca se perder em demasia nas falsas alusões e no que não é Literatura. Pois o EU é a questão, o resto é ESCRITA.

(Colaboração: Rita Stalivieri – Estudante do curso de Publicidade e Propaganda da UniRitter)